O Vale do Ribeira apresentou melhorias nos indicadores de saneamento básico nos últimos anos, mas parte de sua população ainda carece de serviços essenciais, como acesso a água e esgoto, em especial nas áreas mais isoladas. A região conta com importantes reservas remanescentes de Mata Atlântica, com quase 100% de seus municípios abrigados pela Lei da Mata Atlântica, com destaque nos rankings de conservação da mata. A seguir, serão apresentados os indicadores de sustentabilidade para a região.

O Vale do Ribeira apresentou melhorias nos indicadores de saneamento básico nos últimos anos, mas parte de sua população ainda carece de serviços essenciais, como acesso a água e esgoto, em especial nas áreas mais isoladas.

A região conta com importantes reservas remanescentes de Mata Atlântica, com quase 100% de seus municípios abrigados pela Lei da Mata Atlântica, com destaque nos rankings de conservação da mata. A seguir, serão apresentados os indicadores de sustentabilidade para a região.

Atendimento de água

O indicador de atendimento de água mede o percentual da população de determinado território que conta com acesso a sistemas de abastecimento de água.

Em 2019, o percentual da população da região com abastecimento de água era de 72,4%, percentual inferior ao do estado de São Paulo (96,2%) e distante da universalização.

Percentual da população com atendimento de água¹



grafico

Nota: ¹Calculado pela população total atendida com abastecimento de água sobre a população total residente dos municípios com abastecimento de água, segundo o SEADE.

Fonte: SNIS/Ministério do Desenvolvimento Regional.

Outro indicador relevante é o percentual de perdas na distribuição de água. No Vale, as perdas no processo de distribuição alcançaram 29,3% em 2019, desempenho melhor do que o apresentado pelo estado.

Outro indicador relevante é o percentual de perdas na distribuição de água. No Vale, as perdas no processo de distribuição alcançaram 29,3% em 2019, desempenho melhor do que o apresentado pelo estado.

Percentual de perdas na distribuição de água¹



grafico

Nota: ¹Percentual do volume de água produzido (produzido + tratado importado - de serviço) que não é efetivamente consumido no sistema de abastecimento.

Fonte: SNIS/Ministério do Desenvolvimento Regional.

Acesso e tratamento de esgoto

O indicador de cobertura de esgoto indica o percentual da população de determinado território que tem acesso à coleta de esgoto. O indicador de tratamento de esgoto, por sua vez, revela o volume do esgoto tratado em relação à água consumida.

Em 2019, apenas pouco mais da metade (56,3%) da população do Vale do Ribeira tinha acesso a esgoto, número bastante inferior ao

Em 2019, apenas pouco mais da metade (56,3%) da população do Vale do Ribeira tinha acesso a esgoto, número bastante inferior ao do estado de São Paulo (90,3%). Entre 2009 e 2019, houve uma evolução significativa na região, mas não suficiente para se aproximar do percentual do estado.

Percentual da população com atendimento de esgoto¹



grafico

Nota: ¹Calculado pela população total atendida com esgotamento sanitário sobre a população total residente dos municípios.

Fonte: SNIS/Ministério do Desenvolvimento Regional.

do estado de São Paulo (90,3%). Entre 2009 e 2019, houve uma evolução significativa na região, mas não suficiente para se aproximar do percentual do estado.

Em relação ao tratamento de esgoto, 79% da água consumida no Vale do Ribeira em 2019 recebeu tratamento sanitário, evolução importante em relação a 2009. A média de tratamento de esgoto na região foi superior à média do estado, que, em 2019, atingiu 68,4%.

Em relação ao tratamento de esgoto, 79% da água consumida no Vale do Ribeira em 2019 recebeu tratamento sanitário, evolução importante em relação a 2009. A média de tratamento de esgoto na região foi superior à média do estado, que, em 2019, atingiu 68,4%.

Percentual de esgoto tratado¹



grafico

Nota: ¹Calculado a partir da razão entre o volume de esgoto tratado e a diferença do volume de água consumida e exportada.

Fonte: SNIS/Ministério do Desenvolvimento Regional.

Coleta de lixo

O indicador de coleta de lixo aponta o percentual da população de determinado território que conta com esse tipo de serviço.

Em 2019, 86,6% da população do Vale do Ribeira tinha acesso a coleta de lixo, uma taxa inferior à do estado de São Paulo, que foi de 97,7% naquele ano. Entre 2011 e 2019, a região do Vale apresentou queda no percentual da população com acesso ao serviço.

Percentual da população com coleta de lixo¹



grafico

Nota: ¹Calculado pela população total atendida no município com serviço de coleta de RDO (resíduos domiciliares) sobre a população total do município (Fonte: SEADE).

Fonte: SNIS/Ministério do Desenvolvimento Regional.

Vegetação e Mata Atlântica

O Vale do Ribeira é conhecido por sua biodiversidade e riquezas naturais. Dentre os sete tipos de vegetação natural na região, destaca-se a mata, seguida por alguma participação das restingas e uma participação residual de mangue e várzea.

No Atlas dos Municípios da Mata Atlântica de 2014, os municípios da região apresentaram 100% de suas áreas dentro da Lei da Mata Atlântica¹, com exceção de Ilha Comprida, com 99%.

Entre os 22 municípios do Vale do Ribeira, nove (41%) se destacaram nos rankings divulgados pela ONG SOS Mata Atlântica. Os rankings apontam os dez municípios: (1) mais conservados; (2) com mais floresta preservada; e com (3) maior área de floresta.²

Tipo de vegetação natural



grafico

Fonte: Com base no Atlas dos Municípios da Mata Atlântica, 2014.

Municípios destacados no ranking do S.O.S Mata atlântica
Município Área município (ha) Área município na lei MA¹ (ha) % Município na lei MA Ranking de destaque Posição entre os top 10
Barra do Turvo100.782100.782100310º
Cananeia123.938123.9381001, 2 e 38º (1); 6º (2); 3º (3)
Eldorado165.426165.4261003
Iguape197.795197.7951003
Iporanga115.205115.2051001, 2 e 310º (1); 8º (2); 4º (3)
Miracatu100.153100.1531003
Pedro de Toledo67.04467.0441001, 2 e 35º (1); 4º (2); 9º (3)
Sete Barras106.270106.2701003
Tapiraí75.51075.5101001, 2 e 37º (1); 5º (2); 7º (3)
Município Área município (ha) Área município na lei MA¹ (ha) % Município na lei MA
Município Área município (ha) Área município na lei MA¹ (ha) % Município na lei MA
Município Área município (ha) Área município na lei MA¹ (ha) % Município na lei MA
Município Área município (ha) Área município na lei MA¹ (ha) % Município na lei MA
Barra do Turvo100.782,00100.782,00100,00
Cananeia123.938,00123.938,00100,00
Eldorado165.426,00165.426,00100,00
Iguape197.795,00197.795,00100,00
Iporanga115.205,00115.205,00100,00
Miracatu100.153,00100.153,00100,00
Pedro de Toledo67.044,0067.044,00100,00
Sete Barras106.270,00106.270,00100,00
Tapiraí75.510,0075.510,00100,00
Município Ranking de destaque Posição entre os top 10
Município Ranking de destaque Posição entre os top 10
Município Ranking de destaque Posição entre os top 10
Município Ranking de destaque Posição entre os top 10
Barra do Turvo3,0010º
Cananeia1, 2 e 38º (1); 6º (2); 3º (3)
Eldorado3,00
Iguape3,00
Iporanga1, 2 e 310º (1); 8º (2); 4º (3)
Miracatu3,00
Pedro de Toledo1, 2 e 35º (1); 4º (2); 9º (3)
Sete Barras3,00
Tapiraí1, 2 e 37º (1); 5º (2); 7º (3)
Município Área município (ha) Área município na lei MA¹ (ha) % Município na lei MA Ranking de destaque Posição entre os top 10
Barra do Turvo100.782,00100.782,00100,003,0010º
Cananeia123.938,00123.938,00100,001, 2 e 38º (1); 6º (2); 3º (3)
Eldorado165.426,00165.426,00100,003,00
Iguape197.795,00197.795,00100,003,00
Iporanga115.205,00115.205,00100,001, 2 e 310º (1); 8º (2); 4º (3)
Miracatu100.153,00100.153,00100,003,00
Pedro de Toledo67.044,0067.044,00100,001, 2 e 35º (1); 4º (2); 9º (3)
Sete Barras106.270,00106.270,00100,003,00
Tapiraí75.510,0075.510,00100,001, 2 e 37º (1); 5º (2); 7º (3)

Nota: ¹A Lei da Mata Atlântica define as áreas de localização do bioma em que certos procedimentos de conservação são necessários. Tais áreas podem ou não ser cobertas por vegetação nativa do bioma. ²Esses são os rankings de destaque apresentados na tabela (numerados de 1 a 3).

Fonte: Com base nos dados da ONG SOS Mata Atlântica.


Indicadores de sustentabilidade

dos municípios do Vale do Ribeira


grafico

Município % Esgoto tratado
(2019)
% Atendi
mento de esgoto
(2019)
% Atendi
mento de água
(2019)
%
Perdas na distribuição de água
(2019)
% Domicílios com coleta de lixo
(2019)
Apiaí66,452,280,534,396,0
Barra do Chapéu68,322,539,243,5
Barra do Turvo91,635,042,923,265,3
Cajati79,063,780,426,495,0
Cananéia81,669,484,821,5
Eldorado90,144,548,428,849,2
Iguape76,446,365,026,097,6
Ilha Comprida58,643,087,826,9100,0
Iporanga100,049,053,721,078,2
Itaoca54,130,570,423,299,2
Itapirapuã Paulista68,136,659,134,170,7
Itariri69,827,638,224,963,9
Jacupiranga88,058,866,126,095,2
Juquiá74,451,969,737,182,0
Miracatu86,949,958,639,274,8
Pariquera-Açu91,864,274,230,794,1
Pedro de Toledo63,336,460,532,4
Registro91,688,897,929,5100,0
Ribeira40,924,069,924,459,9
Ribeirão Grande53,642,493,030,739,1
Sete Barras73,156,370,625,493,5
Tapiraí93,461,868,430,271,5
Município % Esgoto tratado
(2019)
% Atendi
mento de esgoto
(2019)
% Atendi
mento de água
(2019)
Município % Esgoto tratado
(2019)
% Atendi
mento de esgoto
(2019)
% Atendi
mento de água
(2019)
Município % Esgoto tratado
(2019)
% Atendi
mento de esgoto
(2019)
% Atendi
mento de água
(2019)
Município % Esgoto tratado
(2019)
% Atendi
mento de esgoto
(2019)
% Atendi
mento de água
(2019)
Apiaí66,452,280,5
Barra do Chapéu68,322,539,2
Barra do Turvo91,635,042,9
Cajati79,063,780,4
Cananéia81,669,484,8
Eldorado90,144,548,4
Iguape76,446,365,0
Ilha Comprida58,643,087,8
Iporanga100,049,053,7
Itaoca54,130,570,4
Itapirapuã Paulista68,136,659,1
Itariri69,827,638,2
Jacupiranga88,058,866,1
Juquiá74,451,969,7
Miracatu86,949,958,6
Pariquera-Açu91,864,274,2
Pedro de Toledo63,336,460,5
Registro91,688,897,9
Ribeira40,924,069,9
Ribeirão Grande53,642,493,0
Sete Barras73,156,370,6
Tapiraí93,461,868,4
Município %
Perdas na distribuição de água
(2019)
% Domicílios com coleta de lixo
(2019)
Município %
Perdas na distribuição de água
(2019)
% Domicílios com coleta de lixo
(2019)
Município %
Perdas na distribuição de água
(2019)
% Domicílios com coleta de lixo
(2019)
Município %
Perdas na distribuição de água
(2019)
% Domicílios com coleta de lixo
(2019)
Barra do Turvo3,010º
Cananeia1, 2 e 38º (1); 6º (2); 3º (3)
Eldorado3,0
Iguape3,0
Iporanga1, 2 e 310º (1); 8º (2); 4º (3)
Miracatu3,0
Pedro de Toledo1, 2 e 35º (1); 4º (2); 9º (3)
Sete Barras3,0
Tapiraí1, 2 e 37º (1); 5º (2); 7º (3)
Apiaí34,396,0
Barra do Chapéu43,5
Barra do Turvo23,265,3
Cajati26,495,0
Cananéia21,5
Eldorado28,849,2
Iguape26,097,6
Ilha Comprida26,9100,0
Iporanga21,078,2
Itaoca23,299,2
Itapirapuã Paulista34,170,7
Itariri24,963,9
Jacupiranga26,095,2
Juquiá37,182,0
Miracatu39,274,8
Pariquera-Açu30,794,1
Pedro de Toledo32,4
Registro29,5100,0
Ribeira24,459,9
Ribeirão Grande30,739,1
Sete Barras25,493,5
Tapiraí30,271,5

Fontes: SNIS/Ministério do Desenvolvimento Regional.

Município %
Perdas na distribuição de água
(2019)
% Domicílios com coleta de lixo
(2019)
Barra do Turvo3,010º
Cananeia1, 2 e 38º (1); 6º (2); 3º (3)
Eldorado3,0
Iguape3,0
Iporanga1, 2 e 310º (1); 8º (2); 4º (3)
Miracatu3,0
Pedro de Toledo1, 2 e 35º (1); 4º (2); 9º (3)
Sete Barras3,0
Tapiraí1, 2 e 37º (1); 5º (2); 7º (3)
Apiaí34,396,0
Barra do Chapéu43,5
Barra do Turvo23,265,3
Cajati26,495,0
Cananéia21,5
Eldorado28,849,2
Iguape26,097,6
Ilha Comprida26,9100,0
Iporanga21,078,2
Itaoca23,299,2
Itapirapuã Paulista34,170,7
Itariri24,963,9
Jacupiranga26,095,2
Juquiá37,182,0
Miracatu39,274,8
Pariquera-Açu30,794,1
Pedro de Toledo32,4
Registro29,5100,0
Ribeira24,459,9
Ribeirão Grande30,739,1
Sete Barras25,493,5
Tapiraí30,271,5

Fontes: SNIS/Ministério do Desenvolvimento Regional.

Fontes: SNIS/Ministério do Desenvolvimento Regional.