10/06/2021

Obras de saneamento levarão mais qualidade de vida ao Vale do Ribeira

Sabesp amplia abastecimento de água e coleta de esgoto em 14 municípios que fazem parte do Programa Vale do Futuro

O Governo do Estado e a Sabesp inauguraram nesta terça-feira (1/5) um conjunto de obras de saneamento em 14 municípios do Vale do Ribeira, assegurando mais qualidade de vida à população de uma das regiões mais ricas em biodiversidade no estado de São Paulo e com maior desigualdade social. Durante evento online, foram entregues 15 obras que ampliam a coleta, afastamento e o tratamento de esgoto e duas para ampliação do abastecimento de água, beneficiando diretamente cerca de 12 mil moradores das seguintes cidades: Registro, Apiaí, Cananeia, Barra do Chapéu, Eldorado, Jacupiranga, Juquiá, Miracatu, Itapirapuã Paulista, Itariri, Pedro de Toledo, Ribeira, Ribeirão Grande e Tapiraí.

“Seguimos trabalhando para melhorar a qualidade de vida da população do Ribeira. O Vale do Futuro é a região que mais demanda atenção do Estado. Não é por outra razão que o Governador João Doria tomou a decisão estratégica de fazer dele o foco do principal programa social e de desenvolvimento de SP”, exaltou o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

Além dos empreendimentos inaugurados, a Sabesp e a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente anunciaram novas obras em Iguape, Ilha Comprida, Sete Barras, Registro, Itariri, Apiaí e Ribeirão Grande, todas inseridas no Vale do Futuro, o Programa intersecretarial de Desenvolvimento do Vale do Ribeira, criado pelo Governo do Estado e com a coordenação da Secretaria de Desenvolvimento Regional. A iniciativa envolve ainda prefeituras e a sociedade civil para incentivar o desenvolvimento econômico e social dos municípios da região, uma área de 16.681 km² com extensa cobertura da Mata Atlântica e com vocação para o ecoturismo no interior e no litoral. Cananeia, na faixa litorânea, é uma das cidades mais antigas do Brasil.

Durante a cerimônia online, o Secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, destacou a relevância do evento para a região. “Não é apenas uma comemoração de entrega de obras, mas um passo efetivo para que possamos buscar o tão  sonhado desenvolvimento sustentável para o Vale do Ribeira”, disse. O diretor-presidente da Sabesp, Benedito Braga, também chamou a atenção para a questão ambiental. “A região tem belezas naturais excepcionais, precisa ter o envolvimento maior de toda a sociedade no sentido de aproveitar o uso sustentável dos nossos recursos naturais”, afirmou.

As inaugurações durante a Semana do Meio Ambiente destacam a importância do saneamento no debate da questão ambiental. As obras inauguradas atendem diretamente a população dos bairros onde estão localizadas, mas seus benefícios se estendem a todos os municípios ao contribuir para a melhora das condições das águas de rios e córregos.

“A Sabesp está junto com o Governo do Estado nessa iniciativa incrível de promover o programa Vale do Futuro, que traz qualidade de vida à população”, disse a diretora de Sistemas Regionais da Sabesp, Mônica Porto. Os trabalhos executados também foram importantes na geração de empregos. As obras já concluídas geraram 829 vagas na região e os empreendimentos anunciados levam à abertura de outras 671 vagas.

A maior parte das obras inauguradas amplia a coleta, o afastamento e o tratamento de esgoto dos municípios, serviço que impacta favoravelmente na saúde dos moradores e na qualidade de vida. O acesso ao saneamento é fator positivo no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). O investimento da Sabesp nas obras inauguradas é de R$ 18,38 milhões. Os empreendimentos  anunciados vão atender cerca de 24 mil pessoas, totalizando aproximadamente 36 mil moradores beneficiados pelo conjunto de obras da Companhia.

O Vale do Futuro

Os 22 municípios da região mais vulnerável do Estado vão se tornar um novo polo de desenvolvimento econômico e social. Um programa completo e de governança integrada: Estado, prefeituras e sociedade civil trabalhando juntos, com metas, monitoramento e avaliação de resultados. Os 22 municípios que compõem o programa são: Apiaí, Barra do Chapéu, Barra do Turvo, Cajati, Cananeia, Eldorado, Iguape, Ilha Comprida, Iporanga, Itaoca, Itapirapuã Paulista, Itariri, Jacupiranga, Juquiá, Miracatu, Pariquera-Açu, Pedro de Toledo, Registro, Ribeira, Ribeirão Grande, Sete Barras e Tapiraí.

“Hoje, o Governo de São Paulo deu mais um passo importante na construção de um futuro com mais desenvolvimento sustentável para o Vale do Ribeira e mais qualidade de vida para a população,” comemorou o Coordenador do Programa Vale do Futuro, Marco Aurélio Gomes.

Para transformar uma das regiões mais ricas em biodiversidade do Estado em modelo de desenvolvimento regional baseado na exploração sustentável da riqueza socioambiental da Mata Atlântica, o Governo de São Paulo propõe parcerias com prefeituras, comunidades quilombolas locais e organizações da sociedade civil, para implementar projetos de desenvolvimento sustentável, geração de renda, conservação e melhoria da qualidade de vida da população do Ribeira.

OBRAS ENTREGUES

Registro

Ampliação do sistema de esgotamento sanitário, ampliando coleta e afastamento de esgoto nos bairros Serrote e Vila Ponce.

Foram implantados 2.537 metros de rede coletora e executadas 56 ligações de esgoto, além de instalada uma estação elevatória para bombeamento de esgoto, entre outras ações.

Investimento de R$ 1,1 milhão, beneficiando 194 pessoas.

Apiaí

Ampliação da coleta e afastamento de esgoto nos bairros Campininha e Palmital, ampliando o índice de coleta do município de 85,9% para 88,4%.

Foram implantados 2.728 metros de rede, executadas 151 ligações e instaladas duas estações elevatórias para bombeamento de esgoto.

Investimento de R$ 1 milhão, beneficiando 522 pessoas.

Cananeia

Implantação de rede coletora, execução de ligações domiciliares e instalação de estação elevatória para bombeamento e de estação de tratamento de esgoto (ETE) no bairro Porto Cubatão.

Foram implantados 3.294 metros de rede, executadas 267 ligações e instaladas estação elevatória para bombeamento e ETE com capacidade para tratar 2,78 litros de esgoto por segundo. As obras elevam o índice de cobertura de esgoto no município de 92,4% para 94,4%.

Investimento de R$ 2,4 milhões, beneficiando cerca de mil pessoas.

Eldorado

– Implantação de sistema de adução de água no Bairro Meninos, ampliando o abastecimento.

Foram implantados 6.335 metros de adutoras (tubulação para o transporte da água) e 3.244 metros de extensão de rede para atender 149 ligações.

Investimento de R$ 500 mil, beneficiando cerca de 500 pessoas

– Implantação do sistema de esgotamento sanitário no Jardim Nova Eldorado.

Foram implantadas complementação de rede e uma estação elevatória para bombeamento de esgoto, além de executadas 51 ligações.

Investimento de R$ 240 mil, beneficiando cerca de 200 pessoas, elevando o índice de cobertura de esgoto no município para 100%.

Jacupiranga

Ampliação da rede de coleta de esgoto em 959 metros e execução de ligações prediais na Vila Elias, além da implantação de estação elevatória e de tubulação para bombeamento de esgoto.

O investimento na obra totalizou R$ 480 mil, beneficiando cerca de 100 moradores da região.

Miracatu

Execução de obras para melhoria do sistema de esgotamento sanitário do Bairro Musácea.

Com investimento de R$ 600 mil, foi implantada ou remanejada a extensão de 1.080 metros de rede de esgoto e 193 metros de tubulação para bombeamento, beneficiando 536 moradores.

Pedro de Toledo

Foram executadas obras de ampliação da rede de coleta e afastamento de esgoto na sede do município e nos bairros Aldeia, São José, Fazenda São José, Vila Batista e Água Fria.

O trabalho consistiu na implantação de quatro estações elevatórias e de tubulação para bombeamento de esgoto e na extensão de 6.349 metros de rede de esgoto, com a execução de 246 ligações de imóveis.

O investimento total foi de R$ 2,4 milhões, beneficiando cerca de 850 moradores.

Itapirapuã Paulista

– Ampliação da coleta e afastamento de esgoto na sede do município e de coleta e tratamento no bairro Ribeirão da Várzea, beneficiando cerca de 650 pessoas na cidade. Com esses empreendimentos, 100% dos imóveis abastecidos pela Sabesp em Itapirapuã Paulista passam a ter coleta, afastamento e disposição final do esgoto, universalizando o saneamento do município. Os trabalhos também melhoram a qualidade das águas de rios na região.

Com investimento de R$ 1,7 milhão, foram implantados 4.755 metros de rede coletora, executadas 190 ligações e instaladas uma estação elevatória para bombeamento e uma estação de tratamento de esgoto (ETE) com capacidade de tratar 1,25 litro por segundo.

– Ampliação da rede de coleta e afastamento de esgoto na sede do município.

Foram implantados 2.179 metros de rede coletora, 139 ligações e uma estação elevatória e 70 metros de tubulação para bombeamento de esgoto.

Investimento de R$ 650 mil, beneficiando 480 pessoas.

Itariri

Ampliação do sistema de esgotamento sanitário no bairro Laranja Azeda, para a coleta de esgoto na localidade.

Foram implantados 1.310 metros de rede coletora, executadas 110 ligações e instalada uma estação elevatória de bombeamento de esgoto, elevando o índice de coleta de esgoto do município de 93,2% para 95,2%.

Investimento de R$ 540 mil, beneficiando 381 pessoas

Ribeira

– Implantação do sistema de esgotamento sanitário da Vila Ito, para coleta, afastamento e tratamento do esgoto do bairro. O empreendimento eleva o índice de cobertura de esgoto do município de 75,3% para 93,9%.

Foram implantados 1.616 metros de rede coletora, executadas 113 ligações e instalada estação elevatória para bombeamento de esgoto, além do assentamento de 2.406 metros de tubulação para o bombeamento.

Investimento de R$ 1 milhão, beneficiando cerca de 400 pessoas.

– Execução de obras para a implantação de rede de coleta, afastamento e tratamento de esgoto no Bairro Saltinho. O local recebeu 1.637 metros de rede e 97 ligações de imóveis e também foi implantada uma estação de tratamento de esgoto com capacidade para 0,7 litro por segundo. O investimento de R$ 1,150 milhão beneficia 336 pessoas.

Ribeirão Grande

Implantação de rede de água no Bairro dos Cândidos, levando abastecimento aos moradores que vivem em área isolada da sede do município.

Foram implantados 5.795 metros de rede de água e executadas 49 ligações, além de recuperação de reservatório com capacidade para 16 mil litros de água tratada.

Investimento de R$ 274,8 mil, beneficiando cerca de 200 pessoas.

Barra do Chapéu

Implantação de rede coletora, afastamento e tratamento de esgoto no bairro Ponte Alta, elevando o índice de coleta de esgoto do município de 84 % para 95,8 %.

Foram implantados 2.760 metros de rede, executadas 139 ligações e instaladas uma estação elevatória para bombeamento e uma estação de tratamento de esgoto (ETE) com capacidade de tratar 0,9 litro de esgoto por segundo.

Investimento de R$ 1,4 milhão, beneficiando cerca de 500 pessoas

Juquiá

Ampliação da rede de coleta de esgoto em diversas ruas do município, elevando o índice de cobertura de esgoto do município de 92,9% para 96,6%.

Foram implantados 4.353 metros de tubulação para a coleta e executadas 180 ligações de esgoto.

Investimento de R$ 950 mil, beneficiando 630 pessoas.

Tapiraí

Melhoria do sistema de tratamento de esgoto no município, com implantação de uma estação de tratamento de esgoto (ETE) compacta.

A ETE compacta tem capacidade de tratar 9 litros de esgoto por segundo e torna mais eficiente o processo de tratamento, melhorando a qualidade das águas do ribeirão da Onça.

Investimento de R$ 2 milhões, beneficiando toda a população da cidade.

OBRAS ANUNCIADAS

Registro

Ampliação do sistema de esgotamento sanitário dos bairros São Nicolau e Boa Vista, com implantação de 2.969 metros de rede coletora de esgoto, execução de 129 ligações prediais e implantação de estação elevatória e 1.365 metros de tubulação para bombeamento de esgoto. A obra vai beneficiar cerca de 450 pessoas.

Prazo previsto para conclusão: fevereiro/2022.

Investimento previsto: R$ 1,5 milhão.

Ilha Comprida

– Implantação de rede de distribuição de água no Boqueirão Sul, com extensão de 6.827 metros e travessia subaquática de 2.160 metros. A obra vai beneficiar cerca de 1.100 pessoas.

Prazo previsto para conclusão: fevereiro/2022.

Investimento: R$ 3,2 milhões.

– Ampliação do sistema de coleta e afastamento de esgotos para os balneários Bermudas, Recreio Volpara, Marambaia, Sulmar, Atlântico, Pompeva e Cláudia Mara, com implantação 15.093 metros de rede coletora, 685 ligações, duas estações elevatórias e 1.646 metros de tubulação para bombeamento de esgoto, beneficiando uma população de 2.370 pessoas.

Investimento: R$ 6,8 milhões.

Iguape

Ampliação da reservação de água tratada com a construção de reservatório com capacidade para um milhão de litros para atender os bairros de Icapara e Barra do Ribeira, beneficiando uma população de 19 mil pessoas.

Investimento: R$ 1,9 milhão.

Apiaí

Ampliação da rede de coleta e afastamento de esgoto na sede do município, com implantação 6.129 metros de rede coletora, 277 ligações, 4 estações elevatórias para bombeamento de esgoto, entre outras ações. A obra vai beneficiar cerca de 960 pessoas.

Prazo previsto para conclusão: junho/2022.

Investimento previsto: R$ 3,1 milhões.

Itariri

Implantação do sistema de esgotamento sanitário dos bairros Areia Branca, Ponte Pênsil, Fazendinha, Laranja Azeda e Anta Gorda, com implantação de 3.357 metros de rede coletora, execução de 129 ligações de esgoto e 4 estações elevatórias para bombeamento de esgoto e uma estação de tratamento de esgoto, entre outras ações.

Prazo previsto para conclusão: dezembro/2022.

Investimento previsto: R$ 2,4 milhões, beneficiando cerca de 560 pessoas.

Sete Barras

Execução de obras para a implantação de rede de coleta e afastamento de esgoto no bairro Ribeirão da Serra. Serão implantadas extensão de 973 metros de rede e uma estação elevatória e 396 metros de tubulação para bombeamento de esgoto.

Com investimento previsto de R$ 550 mil, a obra está em licitação e vai beneficiar 156 moradores do bairro.

Ribeirão Grande

– Implantação do sistema de abastecimento de água do Bairro Tapera, com o assentamento de 4.450 metros de rede e uma estação pressurizadora de água tratada, para atender 40 famílias moradoras do local.

Mais recentes Veja todos

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.